- Meus Dois Anjinhos esperem por mim um dia nos reencontraremos e seremos felizes na presença de Deus. Amém! -
SE QUISER PARAR A MÚSICA É SÓ CLICAR NOS DOIS TRACINHOS II ACIMA DO PAINEL DO BLOG.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Dois anos e 7 dias que perdi meu primeiro anjo e um ano que descobri minha segunda gravidez

Esse mês está me trazendo muitas lembranças, está completando dois anos e 7 dias que perdi meu primeiro filho, com quase 14 semanas de gestação, foi uma dor muito intensa, uma dor que sufoca minha alma até hj. Quando me lembro das espectativas que tinha os planos que fazia, eu não queria ter perdido meu bebê.
Me sinto culpada por essa perda até hoje.As vezes fico pensando e acho que eu poderia ter evitado aquela perda gestacional e que essas coisas aconteceram comigo é porque Deus achou que eu não merecia um presente tão valioso, tlavez eu estava pagando pelos meus pecados, não sei nem o que dizer, mas foi muito triste e depois de tudo ainda enfrentei muita coisa ouvi muita coisa que nenhuma mãe gostaria de ouvis, coisas que tenho até vergonha de postar aqui neste blog porque muitas ficariam perplexas, mas não foi só a dor de ter perdido um filho que eu tive que enfrentar, eu passeu por algo que ultrapassou os limites da dor.
Tive que escutar, inclusive a frase " se ela perdeu o filho é porque o filho dela tinha problema e foi muito melhor assim antes agora do que depois ou se nascesse defeituoso. Se o filho dela tinha problema é porque puxou ela..."
O ano passado bem numa época dessa eu estava descobrindo a minha segunda gravidez, estava muito feliz, mas com muito medo, parecia que eu estava adivinhando...
Durmam em paz anjinhos, peçam ao papai e a mamãe do céu para transformar os corações que guardam tanta maldade e egoísmo.
Click here for more graphics and gifs!

Um comentário:

  1. Amanda obrigada pelos os conselhos não precisa pedir desculpa considero vc uma grande amiga mesmo sendo virtual samos unidas no amor aos nossos anjos.
    Flor não esculta e não leva a serio o que essas pessoas digam...não de ouvidos...sei como deve ser difícil ouvir esse tipo de palavras que machuca mais entre na mãos de Deus.
    Beijos e fique em paz.

    ResponderExcluir